Como planejar um casamento – Saiba de uma vez

Quer saber como planejar um casamento sem dor de cabeça e imprevistos? Saiba de Vez Como Planejar Um Casamento

Como planejar um casamento – Saiba de uma vez

Saiba de Vez Como Planejar Um Casamento

Quer saber como planejar um casamento sem dor de cabeça e imprevistos? A chave para dar início à corrida rumo ao altar de forma bem-sucedida é a organização. Então vem com a gente!

O planejamento de casamento pode ser aterrorizante logo de cara, quando a ficha cai. De repente, você se vê tendo que fazer mil listas, orçamentos, planilhas de produtos, valores e prazos. Dá para entender o nervosismo! Mas vamos te ajudar a colocar tudo no lugar e começar a busca pelo casamento perfeito. Confira agora as dicas e tome nota!

Planejando o casamento: Como Começar?

1 – Foco no “Grande Dia”

Neste momento, os noivos já devem ter se sentado para conversar e definir a ideia da comemoração. Dessa forma, vão surgir as necessidades do evento, como cerimônia, recepção, decoração, buffet, convites, lembrancinhas, fotógrafo para o dia, ensaio pré-casamento e muito mais.

2 – Disciplina

Para saber como planejar um casamento sem exagerar nos gastos ou fazer comprar indevidas, você deve ter disciplina. Anote tudo o que precisa ser comprado, para que faça uma pesquisa de fornecedores, preços, prazos e promoções.

Imagine que, se comprar algo que está fora da lista, irá exceder o que tem disponível para investir. É muito comum se deslumbrar com a oferta de materiais luxuosos, espaços de conto de fadas e um atendimento “à Francesa” para os seus convidados. Mas você precisa te prioridades. Resolvidas as necessidades primárias, você pode dar esse passo adiante.

Você sabia que o tempo é tudo quando se trata de organização de festa? Planejar casamento com antecedência torna mais fácil conseguir descontos e pacotes especiais nos mais variados setores. Lembre-se disso para não gastar tempo e energia em outras coisas menos importantes agora.

3 – Orçamento

O seu orçamento deve incluir serviços, produtos, decoração, alimentação, locação de ambientes, aluguel de carro, aluguel ou compra de trajes, maquiagem…sim, são muitas informações e muitos gastos também. Mas são controláveis, desde que você siga as dicas que estamos te dando agora.

Mas como planejar um casamento com pouco dinheiro? Além de se programar financeiramente com antecedência, fazendo cortes de supérfluos e se dedicando de verdade ao seu grande objetivo, há medidas que podem ser tomadas para reduzir a conta.

Não abra mão da qualidade do seu dia. Ele será muito importante para você e precisa sair perfeito. Então, o que acha de selecionar menos bebidas caras, como o whisky e o champagne? Os drinks da festa podem ser bem fartos com diversas opções de coquetéis. Tenha esse tipo de pensamento para otimizar a sua verba.

Você terá uma lua-de-mel modesta ou investiu um bom recurso nela? Se ainda não escolheu o destino, aqui vão as dicas:

  • Pesquise pacotes promocionais.
  • Escolha uma agência de viagem que faça de tudo para buscar as melhores ofertas.
  • Prefira pacotes com hospedagem e alimentação. Os gastos com almoços e jantares acabam sendo “salgados” no final das contas.
  • Há lindos destinos para lua-de-mel no Brasil. Não é necessário fazer uma viagem “em dólar”, caso esse não seja um sonho seu.
  • Comece a pesquisar agora a viagem. Você só tem a ganhar na antecipação.
  • Verifique se o hotel é próximo dos locais que o casal pretende conhecer. Dessa forma, vocês reduzem os gastos com táxi, metrô, etc.
  • Se você tem um limite de pessoas para convidar, não tenha pena por alguém ficar de fora. Quem gosta de vocês de verdade não se importará, por saber que foi uma questão financeira apenas. Não convite ninguém por conveniência. Devem estar presentes aqueles que representam algo para o casal.

Como Planejar um Casamento: 10 Itens Importantes

Nervosismo e insegurança são sentimentos normais de quem tem em mãos a responsabilidade de simplesmente realizar o grande evento da sua vida. Muito mais do que uma festa, é a realização de um sonho.

Para que tudo dê certo, você precisa cuidar de cada setor. Então veja agora alguns pontos importantes que devem ser levados em conta para que tenha em mente como planejar um casamento do seu jeito.

1 – Definição do Estilo da Festa

Qual é o sonho do casal? Querem se casar na praia? Pensam em um cenário de campo ou um salão de festas sofisticado? Pôr do sol ou noite estrelada? É, tem disso também.

As variantes são muitas e são diretamente ligadas com toda a programação para a sua festa de casamento e cerimônia. Imagine que a resposta para essas perguntas é “pretendo me casar no sítio da família, e o horário escolhido será o da tarde, com sol baixo e clima ameno”.

Com base nessas informações, podemos pensar que a decoração pode ser rústica e natural, e o gasto com flores pode ser menor do que em uma festa a portas fechadas. Isso porque a natureza já reservou para o casal um cenário maravilhoso e gratuito. Mas isso não quer dizer que só de flores, árvores e verde se faz o casamento. Não mesmo.

Poupa-se nos arranjos, mas investe-se em incrementar esse visual incrível. Luminárias penduradas nas árvores ou lamparinas darão a ideia de uma cerimônia aconchegante e simples. Móveis rústicos de madeira serão perfeitos para complementar uma boa recepção.

Esse deve ser o pensamento básico para dar o start e descobrir como planejar um casamento do zero.

2 – Cerimônia

Já pensaram na cerimônia? Será na igreja? Com ou sem orquestra (para saber se terá que contabilizar esse investimento)? A igreja precisa estar decorada para a ocasião. Caso a cerimônia seja feita ao ar livre, a logística muda, assim como a necessidade de decoração do ambiente, como vimos anteriormente.

Flores do campo ou rosas vermelhas, o que mais combina com você e com a “cara” do seu casamento? Orce diferentes tipos de flores e, para baratear o valor final, você pode intercalar flores com folhas secas, trigo, velas e o que mais achar que vai compor de uma forma bonita o corredor.

3 – Visual dos Noivos

E quanto ao vestido? Se a festa for vespertina, com pôr do sol ao fundo e a natureza em volta, o look pode ser leve, fresco, com um vestido em tecido fino e uma maquiagem suave, que revele a beleza natural da noiva.

Sobre o penteado, também vai depender do gosto da noiva. Um penteado mais elaborado com cabelos presos tende a ter uma aparência mais tradicional e combina com um casamento à noite. Já os cabelos soltos e com ondas rejuvenescem e dão um ar mais descontraído à cerimônia.

O noivo pode dispensar o blazer e a calça tradicional. Para acompanhar a futura esposa, ele pode usar uma paleta de cores claras e que combinam com o clima da festa. Tudo isso deve acompanhar o conceito que foi trabalhado.

4 – Buffet

Para escolher o buffet, lembre-se de que a comida é parte fundamental de um evento. Não há como planejar um casamento sem começar a maratona de provas de bolo, docinhos, salgados e pratos.

Uma boa refeição e petiscos saborosos e quentinhos são lembrados por muito tempo. E, da mesma forma, uma das grandes reclamações de casamentos é o mau buffet. Por isso, você deve experimentar tudo antes de contratar e verificar se a equipe é profissional e atenciosa.

A comida também varia de acordo com o paladar e preferências do casal, mas também deve ter a flexibilidade de agradar uma criança de 4 anos e um adulto de 60. Sim, é importante que todos saiam satisfeitos. Então vale escolher um buffet que tenha um cardápio do tipo “curinga”, com docinhos e salgados que vão do sofisticado ao simples. Da macadâmia ao chocolate, por exemplo.

Não podem faltar comida e bebidas. Ofereça água, sucos, refrigerantes, bebidas com álcool e sem.

5 – Mesa do Bolo

É claro que a mesa do bolo tem uma participação primordial na festa de casamento. É nesse espaço que serão tiradas as famosas fotos dos recém-casados cortando uma fatia de bolo e posando em momentos de felicidade.

E o bolo precisa estar à altura do que esperam dele. Suntuoso, marcante, romântico, delicado, minimalista, como é o seu bolo de casamento dos sonhos? Ele pode tanto ser plano quanto ter os andares tradicionais. Verifique o peso e as fatias para calcular os pedaços por convidado.

Se o bolo será apenas um, escolha um sabor que todos – ou quase todos – irão gostar. Em época de verão, são muito pedidos os bolos com recheios de frutas. Já no inverno, nozes é um dos sabores preferidos, juntamente com o brigadeiro.

6 – Salão de Festas

Escolher o espaço onde será a comemoração do casamento pode ser uma tarefa difícil. O local precisa, em primeiro lugar, ter uma boa localização. Os convidados precisam encontrar a rua facilmente, ao sair da igreja, e de estacionar também. Como planejar um casamento sem pensar na comodidade das pessoas convidadas? Pois é. Pense nisso.

Roupa de festa, sapatos altos e horas circulando pelos quarteirões do bairro em busca de uma vaga de estacionamento é algo desagradável. Pense nessa logística.

Outro ponto importante é que o salão deve comportar confortavelmente todos os presentes. As mesas não devem ficar grudadas, para que o acesso das pessoas aos corredores seja livre. Pessoas espremidas, jamais!

E nem precisamos mencionar que deve haver mesas e cadeiras para todos, certo? E, já que estamos falando sobre esse assunto, arranjos muito volumosos tendem a atrapalhar a visibilidade das pessoas sentadas à mesa. Eles dificultam até a socialização na festa. Busque beleza e equilíbrio.

Cuide para que os garçons alcancem todos os cantos do salão. É inaceitável que um convidado fique com fome ou sede porque o buffet não chegou até ele.

A iluminação e o som devem estar impecáveis para a festa ser incrível!

7 – Convites

O mercado de convites de casamento está bem aquecido e todos os anos investe em novidades para conquistar os noivos. Os tipos de papel, estilo e materiais usados são os mais variados possíveis. Dificilmente você não encontrará o seu convite ideal.

A partir do momento em que decide produzir os seus convites, você já deve ter a lista das pessoas que serão convidadas a testemunhar a comunhão do casal. E, mais do que isso, devem ter definido o estilo do casamento, se tradicional, refinado, despojado ou nenhuma das alternativas anteriores.

Sendo assim, fica mais fácil escolher cada detalhe do convite. Escolha um papel de boa qualidade, para que os convites não cheguem muito amassados até o destinatário ou fiquem manchados facilmente.

8 – Lista de Casamento   

A lista de casamento é normalmente um apoio para o casal que está prestes a começar uma nova vida. Como sabemos, em uma casa nova precisa-se de tudo, desde utensílios a móveis. Porém não é missão dos familiares e amigos entregar uma casa completa.

Os presentes são uma gentileza por terem sido lembrados para a cerimônia e festa de casamento. São uma retribuição do carinho.

Ao entregar sugestões de presentes, os noivos acabam por ajudar os convidados a escolherem itens que de fato serão do agrado e necessidade deles. Podemos dizer, então, que o recurso é válido para ambos os lados.

Para que não haja constrangimentos ou coisas do tipo, faça uma lista com diferentes tipos de produtos e preços. Sabia que, além de produtos, você pode pedir serviços ou até mesmo um jantar? E uma “vaquinha” para pagar a lua-de-mel? São inúmeras as possibilidades. Pesquise os sites de casamento que já dispõem da ferramenta.

9 – Cerimonial

A ideia de contratar um cerimonial pode ser um divisor de águas para você, sem exageros. Se chegou até aqui, deve estar pensando em quantos detalhes ainda restam para serem resolvidos até que possa respirar aliviada.

Uma equipe de cerimonial pode cuidar de tudo aquilo que você deseje. É uma ajuda e tanto para os noivos. Por serem profissionais experientes da área, vão te dar o melhor direcionamento e as dicas que você só saberia de quem vive do mercado de matrimônios.

10 – Fotógrafo

Agora você já sabe o que precisa fazer e como planejar um casamento que se lembre amanhã com muito amor e saudade. E, para eternizar esses momentos e compartilhar por muitos anos, os registros fotográficos são importantes.

Contrate um bom fotógrafo para fazer um ensaio pré-casamento e acompanhá-los no grande dia também. Ele deve fazer fotos dos noivos em situações de carinho, alegria, descontração, além de poses esteticamente bonitas que renderão muitos elogios.

Um fotógrafo exclusivo para a festa pode ser interessante também. Enquanto os noivos tiram fotos em uma pegada mais “romântica”, o outro fotógrafo capta a diversão dos convidados no evento.

O que achou das dicas de como planejar um casamento? Precisa de profissionais que tornem seu sonho realidade? A Eventus Club tem o que você deseja!

Share this post